Passe a receber informação de referência regularmente no seu computador. Subscreva.

Subscreva as nossas newsletters e mantenha-se atualizado sobre as oportunidades de investimento e parceiros de negócio através do Programa InvestEU.


Setembro 2019


Your Banner Image

Monitor da Educação e da Formação de 2019 

O Monitor da Educação e da Formação de 2019, publicado pela Comissão Europeia, apresenta novos progressos no sentido de cumprir metas importantes da UE em matéria de educação e formação, mas destaca também a necessidade de apoiar melhor os professores e tornar a profissão docente mais atrativa.

A Comissão apoia os esforços desenvolvidos pelos Estados-Membros para melhorar os respetivos sistemas de ensino através da cooperação política, da avaliação comparativa e do financiamento facultado por programas como o Erasmus+.

O Monitor, a publicação anual da UE sobre educação, é um elemento integral deste trabalho. Ao apresentar uma grande variedade de políticas e promover o diálogo, o Monitor ajuda os Estados-Membros a comparar e melhorar os seus sistemas de ensino.

Saber mais

Aliança para a economia circular do plástico 

Mais de 100 parceiros públicos e privados que operam em toda a cadeia de valor dos plásticos assinaram a Declaração da Circular Plastics Alliance (CPA), a aliança para a economia circular do plástico, que promove ações voluntárias para o bom funcionamento do mercado UE dos plásticos reciclados.

A declaração explica como a aliança irá atingir, até 2025, o objetivo de 10 milhões de toneladas de plástico reciclado para fabricar anualmente novos produtos na Europa. Este objetivo foi fixado pela Comissão Europeia na Estratégia para os Plásticos de 2018, a qual se enquadra nos esforços empreendidos para fomentar a reciclagem do plástico na Europa....


Saber mais

Your Picture

Juvenes Translatores

Your Picture

Um concurso que distingue os melhores jovens tradutores da União Europeia.

A Comissão Europeia já lançou a 13.ª edição do seu concurso anual Juvenes Translatores para os estudantes com 17 anos que frequentam o ensino secundário em toda a Europa. Desde 2 de setembro, as escolas de todos os Estados-Membros da UE podem inscrever-se online, para que os seus alunos possam competir com colegas de toda a Europa....


Saber mais



Your Banner Image

Concurso Cápsula do Tempo “Empregos do Futuro” 

Jovens da Geração Z, estão prontos para os empregos do futuro? Como é que imaginas um emprego em 2050 que ainda não existe? Desafiamos-te a participar num concurso para jovens dos 13 aos 19 anos e a partilhar a tua visão sobre como serão os empregos do futuro.

Sobe a bordo agora!

Dirige-te ao website Future Time Traveller http://future-time-traveller.eu e participa no nosso jogo.

Irá levar-te ao ano 2050 com a missão de explorares o futuro e te tornares no seu embaixador.

O jogo irá ajudar-te a explorar como o mundo do trabalho vai mudar no futuro, que desafios terão de ser enfrentados, e quais são os principais impulsionadores e tendências que moldarão o mundo do trabalho....

Saber mais

Your Banner Image

Nantes é a Capital Europeia da Inovação 2019

A cidade de Nantes, no noroeste de França, é a Capital Europeia da Inovação 2019, anunciou hoje a Comissão nas Jornadas Europeias da Investigação e da Inovação. O título foi atribuído a Nantes, em reconhecimento da sua capacidade de tirar partido da inovação para melhorar a vida dos seus cidadãos e do seu modelo de governação aberta e colaborativa. É acompanhado de um prémio pecuniário de 1 milhão de EUR financiado pelo programa Horizonte 2020, o programa de investigação e inovação da UE. As outras cinco cidades finalistas — Antuérpia (Bélgica), Bristol (UK), Espoo (Finlândia), Glasgow (UK) e Roterdão (Países Baixos) — receberam 100 000 EUR cada para promover e expandir a sua prática de inovação.

Nantes é a quinta cidade a ganhar o prémio e a segunda que não é uma capital, depois de Barcelona. A cidade desenvolveu uma visão e uma prática de governação aberta assente num diálogo constante com os cidadãos, as associações e os peritos. Possui também uma próspera comunidade digital e de empresas em fase de arranque, que contribui para a elaboração e a aplicação das políticas públicas.

Saber mais

Your Banner Image

Erasmus+: UE promove a participação de estudantes e profissionais africanos em 2019

A UE investiu 17,6 milhões de euros suplementares para apoiar a participação de mais de 8 500 estudantes e profissionais africanos recém-selecionados no programa Erasmus+ em 2019 Este acréscimo do financiamento do programa Erasmus+ é mais um passo no sentido do compromisso assumido pelo Presidente Jean-Claude Juncker, no seu discurso sobre o Estado da União, em setembro de 2018, de apoiar 35 000 estudantes e investigadores africanos até 2020.

Com os resultados do convite à apresentação de propostas no âmbito do Erasmus+ 2019, realizaram-se no total 26 247 intercâmbios entre a África e a Europa desde o início do programa em 2014, um desempenho que está no bom caminho para alcançar o objetivo de apoiar 35 000 pessoas em 2020, tal como anunciado na Aliança África-Europa para investimentos e empregos sustentáveis. Este ano, 8 555 africanos e 4 649 europeus, estudantes e membros do pessoal de universidades africanas e europeias, irão beneficiar de intercâmbios em 53 países africanos e nos 34 países europeus que participam no programa Erasmus+. Os estudantes poderão permanecer no estrangeiro até um ano, enquanto os intercâmbios de pessoal duram no máximo dois meses.

Prevê-se que as vagas de calor sejam cada vez mais comuns por causa do aquecimento global provocado pelo aumento de gases com efeito de estufa.

Na Europa, o mês de junho foi o mais quente em comparação com junhos homólogos de que há memória, com temperaturas médias mais de 2°C acima do normal.

Saber mais

Vacinação: Comissão Europeia e OMS unem forças para promover os benefícios das vacinas

Your Banner Image

A Comissão Europeia e a Organização Mundial da Saúde (OMS) acolhem hoje, em Bruxelas, a primeira Cimeira Mundial sobre Vacinação cuja finalidade é acelerar ações por todo o mundo para travar a propagação de doenças que podem ser prevenidas por vacinação e tomar posição contra o alastramento mundial da desinformação nesta matéria.

Na abertura da cimeira, Jean-Claude Juncker e Tedros Adhanom Ghebreeus apelaram a uma intensificação urgente dos esforços envidados para travar a propagação de doenças que podem ser prevenidas por vacinação, como o sarampo. Nos últimos 3 anos, 7 países, incluindo 4 na região europeia, perderam o seu estatuto de eliminação do sarampo. Os novos surtos são o resultado direto de lacunas na cobertura vacinal, nomeadamente entre adolescentes e adultos que nunca receberam todas as vacinas. A fim de abordar eficazmente as lacunas de vacinação, a cimeira debruçou-se sobre os múltiplos obstáculos à vacinação, incluindo direitos, regulamentação e acessibilidade, disponibilidade, qualidade e conveniência dos serviços de vacinação; normas, valores e apoios sociais e culturais; motivação, atitudes, conhecimentos e competências individuais.

A Comissão Europeia e a Organização Mundial da Saúde exortaram ainda ao apoio da GAVI, a aliança da vacina. A GAVI desempenha um papel fundamental na consecução dos objetivos mundiais de vacinação nos países com menos recursos.

A ordem de trabalhos da Cimeira Mundial de Vacinação inclui ainda novos modelos e oportunidades de acelerar a elaboração de vacinas, bem como as formas de garantir que a imunização seja uma prioridade de saúde pública e um direito universal.

 Saber mais